©
midnightandhereyes:

sem título by Anna Hollow on Flickr.

re-mar-amar:

Do que nos afeta, só nós sabemos. Do sentimento que é presença, entre ecos e madrugadas e saudades agudas demais; do afeto que aproxima, da feição que suaviza o ser, da sinceridade que nos põe nus. Tudo o que eu sei, confesso. Tudo o que eu temo, choro. Tudo o que eu acalmo, você. O escuro é abstrato, o toque que desenho entre o teu corpo e o meu são linhas curvas porque não precisamos de distâncias menores. A tua tragédia já habita meu pulso, coração. E o meu caos compassa o inspirar e o expirar do teu pulmão. A nossa poesia é movimento; de lábios, peitos e peles. Não há espaço a ser temido, ou tempo a ser quebrado. O nosso amor é uma confusão. Extensa. Intensa. Desintencional - e por isso bela.

Claudia.

brazilwonders:

Rio de Janeiro, RJ (by Flavio Veloso)
florejaste:

E eu desisti de tentar ser artista.
docessentimentos:

<>
euo:


Behind the Scenes of the Shining.